domingo, 12 de janeiro de 2014

Arquidiocese do Rio foi a primeira sede cardinalícia do Brasil

O Brasil foi o primeiro país da América Latina a ter cardeal. E no Brasil, o Rio de Janeiro foi a primeira sede cardinalícia. Em 1905, o papa nomeou cardeal a Dom Joaquim Arcoverde Albuquerque Cavalcanti, Cardeal Arcoverde, pernambucano de Pesqueira (1850-1930), arcebispo do Rio de Janeiro, de 1897 a 1930. Seu sucessor, Cardeal Leme, Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra, paulista de Pinhal, foi o segundo cardeal brasileiro.

Confira a lista dos cardeais brasileiros, ordenados pelo ano do consistório que o elevou a cardeal.

1905 – Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti (1850-1930) - Pernambuco, Arcebispo do Rio de Janeiro.

1930 – Sebastião Leme da Silveira Cintra (1882-1942) - São Paulo, Arcebispo do Rio de Janeiro.

1946 – Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta (1890-1982) - Minas Gerais, Arcebispo de São Paulo.

1946 – Jaime de Barros Câmara (1894-1971) - Santa Catarina, Arcebispo do Rio de Janeiro.

1953 – Augusto Álvaro da Silva (1876-1968) - Pernambuco, Arcebispo de Salvador.

1965 – Agnelo Rossi (1913-1995) - São Paulo, Arcebispo de São Paulo.

1969 – Alfredo Vicente Scherer (1903-1996) - Rio Grande do Sul, Arcebispo de Porto Alegre.

1969 – Eugênio de Araújo Sales (1920-2012) - Rio Grande do Norte, Arcebispo de Salvador.

1973 – Avelar Brandão Vilela (1912-1986) - Alagoas, Arcebispo de Salvador.

1973 – Frei Paulo Evaristo Arns, O.F.M. (1921- ) - Santa Catarina, Arcebispo de São Paulo.

1976 – Frei Aloísio Lorscheider, O.F.M. (1924 - 2007) - Rio Grande do Sul, Arcebispo de Fortaleza.

1988 – José Freire Falcão (1925 - ) - Ceará, Arcebispo de Brasília.

1988 – Frei Lucas Moreira Neves, O.P. (1925-2002) - Minas Gerais, Arcebispo de Salvador.

1998 – Serafim Fernandes de Araújo (1924- ) - Minas Gerais, Arcebispo de Belo Horizonte.

2001 – Frei Cláudio Hummes, O.F.M. (1934- ) - Rio Grande do Sul, Arcebispo de São Paulo.

2001 – Geraldo Majella Agnelo (1933- ) - Minas Gerais, Arcebispo de Salvador.

2003 – Eusébio Oscar Scheid, S.C.J. (1932- ) - Santa Catarina, Arcebispo do Rio de Janeiro.

2007 - Odilo Pedro Scherer (1949- ) - Rio Grande do Sul, Arcebispo de São Paulo.

2010 - Raymundo Damasceno Assis (1937- ) Minas Gerais, Arcebispo de Aparecida.

2012 - João Braz de Aviz (1947- ) Santa Catarina, Cúria Romana - Prefeito.

2014 – Orani João Tempesta (1950- ) São José do Rio Pardo, SP, Arcebispo do Rio de Janeiro

Com a nomeação de Dom Orani, atualmente o Brasil passa a ter dez cardeais, sendo cinco votantes (com menos de 80 anos), num eventual conclave. Os cardeais brasileiros são, além de Dom Orani, nomeado hoje: Dom Eusébio Oscar Scheid, do Rio de Janeiro; Dom Paulo Evaristo Arns, de São Paulo; Dom José Freire Falcão, de Brasília; Dom Serafim Fernandes de Araújo, de Belo Horizonte; Dom Cláudio Hummes, de São Paulo, e Dom Geraldo Majella Agnelo, de Salvador. Também os arcebispos Dom Odilo Pedro Scherer, de São Paulo; Dom Raymundo Damasceno Assis, de Aparecida e Dom João Braz de Aviz, atual prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, no Vaticano (os grifados são, atualmente, votantes).
Fonte: ARQ RJ