segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Santuário de Porto Alegre é declarado monumento arquitetônico

Com obra finalizada em junho de 2000, o Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora Madre de Deus de Porto Alegre (RS) foi construído por iniciativa do então arcebispo, dom João Cláudio Colling. A inauguração aconteceu durante as comemorações do terceiro milênio.

Por se tratar de um dos pontos turísticos mais conhecido da cidade, o templo foi declarado Monumento Arquitetônico e Religioso da capital gaúcha, no dia 1º de janeiro, durante a 26ª edição da Romaria da Mãe de Deus. O ato ocorreu após sansão da lei municipal 11.532 de 1º/01/14, pelo prefeito em exercício, Sebastião Melo

Para o arcebispo, dom Jaime Spengler, o Santuário Arquidiocesano é o local onde os fieis encontram o apoio para a vivência cristã. “Quando dizemos: ‘Rainha da Paz, roga por nós! Mãe de Deus, roga por nós!’, que façamos o propósito de sermos homens e mulheres que se dedicam a conhecer sempre mais a Palavra Sagrada e que abraçam a causa da solidariedade”, disse.

De acordo com o reitor do Santuário, o missionário redentorista, padre José Ribeiro Novais, a declaração do templo em monumento da cidade é uma solicitação antiga da Igreja. “Pela fé, persistência e esperança, conseguimos este fato histórico”, explicou.
 Fonte: CNBB