segunda-feira, 16 de junho de 2014

Pela primeira vez no Peru haverá uma exposição da Guarda Suíça Pontifícia

Fonte: ACI
O Arcebispado de Lima (Peru) junto à Embaixada da Suíça no país apresentarão ao público peruano uma exposição sobre a Guarda Suíça Pontifícia, o menor exército e o mais reconhecido no mundo devido a sua peculiar vestimenta e é o encarregado de velar pela segurança do Santo Padre há 500 anos.

A exposição que apresenta 17 painéis e 4 gigantografias nas quais se observa a história e o trabalho da Guarda Suíça assim como da cultura do país e a do Vaticano, inaugurará na quinta-feira 19 de junho às 7:30 p.m. e se continuará até o dia 20 de julho na Basílica Catedral de Lima e Primada do Peru localizada no centro da cidade.

Para a inauguração se contará com a presença do Arcebispo de Lima e Primado do Peru, Cardeal Juan Luis Cipriani Thorne, o Núncio Apostólico no país, Dom James Patrick Green, o Embaixador da Suíça, Hans-Ruedi Bortis e o Vice-Capataz da Guarda Suíça Pontifícia, Sébastien Roulin.

Os organizadores também fazem o convite para as palestras formativas que aprofundará sobre a missão e funções da Guarda. Uma destas palestras abertas ao público acontecerá na sexta-feira, 20 de junho às 10 a.m. a cargo de Roulin e Hans-Ruedi Bortis, que serviu por onze anos durante o pontificado de São João Paulo II.

A vestimenta militar renascentista da Guarda Suíça Pontifícia que fará 100 anos, foi desenhada pelo comandante Jules Repond inspirado por um afresco de Rafael, entretanto, existe uma lenda que assinala que o próprio Michelangelo foi quem ideou os uniformes.