sexta-feira, 20 de junho de 2014

Solenidade de Corpus Christi em Niterói

A Solenidade de Corpus Christi em Niterói, mesmo de baixo de chuva os fiéis compareceram. Presidida pelo Arcebispo de Niterói Dom José Francisco Resende Dias, com participação de sacerdotes, diáconos, Ministros e fiéis. 1 hora antes os seminaristas do seminário São José de Niterói louvaram com os fiéis.
Após a Santa Missa teve a procissão até o final da Amaral Peixoto, que este ano não pode ir até ao terreno da nova Catedral devido a chuva.
Corpus Christi. Nome que vem do latim e significa “Corpo de Cristo”.
A festa de Corpus Christi tem por objetivo celebrar solenemente o mistério da Eucaristia - o Sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo.
A celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.
Em 1264, o Papa Urbano IV através da Bula Papal "Trasnsiturus de hoc mundo", estendeu a festa para toda a Igreja, pedindo a São Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos que, até hoje, são usados durante a celebração. Compôs o hino “Lauda Sion Salvatorem” (Louva, ó Sião, o Salvador), ainda hoje usado e cantado nas liturgias do dia pelos mais de 400 mil sacerdotes nos cinco continentes.
A procissão com a Hóstia consagrada conduzida em um ostensório é datada de 1274. Foi na época barroca, contudo, que ela se tornou um grande cortejo de ação de graças.